Quem Paga a Taxa de Conveniência das Vendas pela Internet?

O consumidor que compra pela internet ingressos para shows e eventos costuma ser cobrado da famosa taxa de conveniência.

Ocorre que nossa Justiça decidiu ser ilegal a sua cobrança na venda de ingressos online. O órgão entende que a conveniência de vender um ingresso antecipado pela internet é de quem produz ou promove o evento, e não do consumidor, sendo que repassar esse custo ao consumidor é uma espécie de “venda casada”, prática que é proibida pelo Código de Defesa do Consumidor.

Leave a comment

cinco × quatro =